Mintel cita cinco tendências de consumo na China para observar em 2018

- May 17, 2019-

27 de janeiro de 2018 - Em seu mais recente relatório, a China Consumer Trends 2018, a empresa de pesquisa de mercado Mintel identifica as tendências a serem observadas em 2018. Três das cinco tendências foram relacionadas a alimentos, avisando especialistas do setor para aproveitar a oportunidade.


1. Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial

Não é de surpreender que ML e AI estejam no topo da lista. As empresas de logística chinesas já usam o Big Data para entregar mercadorias aos consumidores em tempo recorde, e os gigantes do comércio eletrônico, como JD.com e Alibaba, usam AI para oferecer experiências personalizadas aos consumidores que fazem compras em suas plataformas. Qualquer produto que ofereça aos consumidores chineses um ambiente perfeito para trabalhar, viver e fazer compras terá grande sucesso em 2018. A Mintel prevê que os consumidores preferirão recursos opcionais e provavelmente adotarão essas tecnologias de ponta se forem diretamente apresentados valor de uso.

2. Interações lúdicas

Com o uso disseminado da mídia social, as gerações mais jovens da China estão passando por um estresse social maior e estão buscando interações informais e lúdicas - tanto on-line quanto no mundo físico - para desabafar. Mintel cita 63% dos jovens adultos entre 20 e 24 anos que jogam on-line para aliviar o estresse. Eles especulam que a razão pela qual os jogos online são populares para essa função é que os consumidores podem fazer a atividade sozinhos, sem a pressão de depender dos outros. Mas isso não quer dizer que os consumidores estão buscando experiência solitária - eles são mais propensos a favorecer jogos que envolvam o trabalho em rede com outros jogadores.

3. Estilo de vida equilibrado

Dieta, exercício, saúde e beleza - você escolhe. Os consumidores chineses priorizarão produtos que melhorem sua qualidade de vida em 2018. Os profissionais de marketing podem aproveitar essa tendência enfatizando as embalagens e campanhas que enfatizam a sustentabilidade e a ética, que são de interesse crescente. Semelhante à tendência de marca consciente da ética nos Estados Unidos e no Reino Unido, que é impulsionada pelos millennials, os consumidores querem saber que os produtos que estão comprando são eticamente fabricados, aproximando-os da fonte.


4. Explorando o senso de si

Os consumidores chineses se envolverão cada vez mais no trabalho criativo. Ao fazê-lo, eles procurarão arranjos de trabalho flexíveis que lhes permitam viajar para destinos incomuns em 2018. À medida que essa tendência evoluir, os consumidores procurarão marcas que os ajudem a expressar um senso de individualidade e representem a singularidade de seus destinos. experiência pessoal e participação em uma comunidade global. Uma quantidade crescente de marcas oferecerá produtos que permitam aos consumidores melhorar seu senso de identidade e reforçar a auto-expressão.


5. Primeiro celular

A geração do milênio é o consumidor que dirige o mercado, e os números estão dentro: eles preferem a experiência móvel e adoram aplicativos de bate-papo e mensagens. Com experiências de varejo O2O integradas e o uso generalizado de plataformas de pagamento móvel como WeChat e AliPay, os consumidores chineses estão confiando na tecnologia móvel para suportar muitos aspectos de suas vidas. A Mintel cita a velocidade e a conveniência do celular como seu recurso principal. 87% dos consumidores chineses nas principais cidades usaram pagamentos móveis em 2017, acima dos 69% do ano anterior.